Pular para o conteúdo principal

OFURÔ PARA BEBÊS


Você já deve ter ouvido falar em ofurô para bebês ou banho de balde. Este banho é uma prática cada vez mais constante entre as mamães. O balde projetado especialmente para o banho dos bebês foi criado na Holanda em 1997. Os bebês ficam na posição fetal, submersos do pescoço para baixo. De acordo com especialistas este balde oferece um ambiente similar ao útero materno, é anatômico e diminui o desconforto no banho, além de relaxar o bebê.

 Geralmente os banhos tradicionais são acompanhados de choro. Os bebês ficam tensos com a imensidão da banheira que não oferece o limite que sentia no útero. O ofurô é uma forma de dar o banho proporcionando este limite corporal que o bebê necessita. É essencial que o bebê sinta este aconchego e segurança. Observa-se a serenidade e tranquilidade dos bebês durante este banho que pode vir acompanhado de luz suave, música relaxante e contato olho no olho da mamãe/papai. 

Recomenda-se ainda que após o banho relaxante o bebê seja colocado em contato pele a pele com a mãe, podendo estar dentro de um carregador de bebê (Sling) ou com uma manta aquecendo seu corpo. Este é um momento ideal também para palavras amorosas de acolhimento.
De acordo com os fabricantes é possível dar banho no balde de zero até de seis meses de idade, sempre na presença de um adulto. Quando ainda não seguram a cabeça, o adulto deve segurar o bebê adequadamente podendo usar uma fralda para sustentar corpo e cabeça. A água deve ser aquecida numa temperatura agradável para a pele do bebê, por volta dos 36º. A quantidade de água varia conforme o tamanho do bebê, mas deve se limitar a altura dos ombros. O balde especialmente fabricado possui plástico atóxico, bordas arredondadas, base anti-derrapante e um centro de gravidade que permite maior segurança e estabilidade. Diferenciando-o dos baldes comuns.
Momento de prazer, amor e relaxamento!  Ótimos banhos para seu bebê!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALMOFADAS DE AMAMENTAÇÃO

Quais as vantagens de se utilizar a almofada de amamentação??


 
**Pode-se amamentar por longos períodos de forma confortável para a mãe e para o bebê;
**Ajuda a manter a posição correta da mãe evitando tensão muscular nos ombros, braços e pescoço;
**Também evita problemas nas costas e coluna;
**O bebê fica devidamente apoiado e seguro;
**Pode ser utilizada durante a gestação para apoiar a barriga na hora de dormir:
**Pode ser utilizada no pós-parto para apoiar o bebê deitado e sentado.

** Permite que este momento de plenitude entre mãe e bebê seja ainda mais prazeroso para ambos** **Um ítem extremamente importante e muito utilizado no cuidado com o bebê**
 
ENTRE EM CONTATO!!

A IMPORTÂNCIA DA MASSAGEM NA INTERAÇÃO MÃE-BEBÊ

Durante a gestação o útero envolve o corpo do bebê, tocando-o, massageando-o, oferecendo limite corporal e proteção. Quando o bebê nasce precisa da mesma forma sentir-se acolhido, tocado, olhado e acariciado. Precisa experienciar o limite agora do corpo da mãe, o contato pele à pele, o olho no olho. Necessita ser carregado junto ao corpo da mãe, amamentado e dormir sentindo pele-a-pele. Todas estas atitudes, de um contato corporal adequado, podem passar despercebidas no dia-a-dia atarefado e podem trazer diversas consequências no desenvolvimento psíquico e emocional da criança. A massagem no bebê pode ser transformada num momento de puro amor e êxtase entre a díade mãe-bebê. Através da conversa, do toque e do olhar amoroso o vínculo afetivo é fortalecido e o amor flui entre os dois corações. Este momento pode ser acompanhado de música suave, utilizar um óleo natural orgânico, evitando óleos minerais, a luz ambiente pode ser amena e ser preparado um gostoso banho de ofurô após a massage…

SABEMOS PARIR

Oração em forma de canção! Canção em forma de oração!
SABEMOS PARIR
Sinta que o momento chega! Sinta que seus ossos são fortes! Sinta, estamos ajudando.. O divino está contigo! Sinta, o bebê está na porta. Viverá para te abraçar. Sinta, estás em boas mãos e são parte da Terra Você tem o que precisa. Mãe de todos nós!